Follow by Email

domingo, 3 de janeiro de 2010

Fim de ano...

Está frio. Estou no meu segundo copo. Não bebo, mas fim de ano... Ainda mais vinho seco...

Meus últimos fins de ano têm sido assim... Família reunida em algum fim de mundo... Serra, sítio ou praia, algum lugar onde a civilização se faz presente apenas por aquilo que ela conquistou. Como energia elétrica ou água encanada...

Mas bem, não é por isso que estou escrevendo. Os fins sempre me deixam um pouco nostálgico, penso no que acertei e no que errei. Penso nas pessoas que magoei e nas que não falo. Contra os fins nada se pode fazer...

São 23h33 e que o muda... Não muita coisa... Continuo acreditando no que acreditei nesse ano, estou mais velho...

Bom, vou mudar de país, se tudo correr como espero. Eu não vou estar no Brasil, em fevereiro...

Estou ouvindo Interpol, não consigo enjoar disso.

Minhas metas, bom, são as de sempre: Ler mais, ser mais paciente... Tudo aquilo que em parte vamos traçar para ano que vem...

O vinho faz efeito... Meus parentes vibram com o ano novo... Acho que não sou o único que o álcool fez efeito...

Foto. Odeio fotos posadas... Mas fazer o que... Vamos levantar pegar mais vinhos e bater a foto...

Copo cheio e foto batida. Está um vento de matar lá fora!

Foguetes, os únicos que ouço, são os que minha família soltou. É tão silencioso aqui, que o barulho pode se sentir incomodado...

O ano novo chegou, ouço os gritos, as felicitações, o estouro das garrafas, os brindes... Bem, como disse não gosto dos fins...

Prefiro ficar aqui, ao som de Interpol e com o vinho seco, pois doce é só para mulheres, segundo meu pai...

Feliz ano novo... Um por um, veio me dar feliz ano novo... Agora é o terceiro copo... Rumo ao quarto!

O quarto copo e acabou meu vinho... Não sinto mais frio... Pelo menos isso...

Droga eu estou definitivamente passado, para não dizer bêbado...

Definitivamente, começo o ano com duas certezas vinho seco é bom e não gosto dos fins...

João Diego

01 de janeiro de 2009

Em algum fim de mundo em Campo Alegre

Nenhum comentário:

Postar um comentário