Follow by Email

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

luz e Mistério

Pudesse eu ver a estrada.
Pudesse eu ter
A rota certa que levasse até dentro de ti
Oh! Meu grande bem
Só vejo pistas falsas. É sempre assim.
Cada picada aberta me tem mais fechado em mim.
És o luar. Ao mesmo tempo luz e mistério.
Como encontrar a chave desse teu riso sério
Doçura de luz. Amargo e sombra escura
Procura em vão.
Banhar me em ti e poder decifrar teu coração
És o luar. Ao mesmo tempo luz e mistério.
Como encontrar a chave desse teu riso sérioGrande mistério meu bem, doce luz.
Abrir as portas desse império teu
E ser feliz
Composição: Beto Guedes / Caetano Veloso

Nenhum comentário:

Postar um comentário