Follow by Email

sábado, 20 de novembro de 2010

Poesia de Neruda

"Nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas nunca o teu riso,
porque então morreria". 



Pablo Neruda

Um comentário: